Quartas-de-final em SP: Rafael, solidez corintiana e o sofrimento tricolor.

As quartas-de-final do Campeonato Paulista foram marcadas pelo clássico precoce entre Santos e Palmeiras, pela solidez do Corinthians e pelo gol contra que salvou o péssimo desempenho do São Paulo.

Mas o Mogi Mirim não pode ser ignorado. No 4-2-3-1 armado por Dado Cavalcanti, o Sapão superou a pressão inicial do Bragantino e deslanchou no segundo tempo com 5 gols. Na semifinal contra o Santos, promessa de grande jogo pelo volume ofensivo e velocidade do time de Rivaldo.

No sábado a Vila Belmiro recebeu o precoce Clássico da Saudade. Com praticamente todo o elenco à disposição, Gilson Kleina armou um 4-4-2 britânico para parar Neymar, com Charles e Ayrton na direita. Muricy Ramalho manteve o Santos no 4-3-1-2 que marcava em duas linhas, com Montillo saindo da direita e Neymar fechando no centro ou na esquerda.

O Palmeiras dominou os 10 minutos iniciais com linhas avançadas e velocidade na frente com Leandro e Vinícius. Mas o gol santista, em falha da defesa palestrina,  bagunçou o sistema e Neymar aproveitou os espaços para colar em Ayrton e fazer grandes jogadas que Bruno salvou. O lateral sacrificado no cerco ao jogador santista não recebeu a devida ajuda dos volantes.

O Santos criou mais pela organização ofensiva do time: Neymar driblando pela esquerda, Cícero armando e Montillo partindo da direita para abrir o corredor a Arouca. O Palmeiras só foi dominar o jogo quando Kleina alterou o time para o 4-3-3 que achou uma cabeçada de Kleber entre os zagueiros santistas. A “loteria” dos penaltis na verdade mostrou a qualidade do goleiro santista, que pegou 2 penalidades e colocou o Santos na semifinal.

Já no domingo a tarde, nem o mais otimista torcedor corintiano previra um resultado tão elástico contra a Ponte Preta, sensação no começo do campeonato. No duelo dos 4-2-3-1 de forte marcação, saída rápida e muita organização, a solidez do Corinthians foi determinante para segurar a pressão inicial da Macaca, ganhar aos poucos o meio-campo e fazer 4 gols “de atacante”. O polêmico pênalti em Sheik demonstra bem: malandragem e experiência que fazem a diferença.

Mesmo que Guto Ferreira tenha armado a Ponte com mais velocidade na frente com Chiquinho e Everton Ribeiro na trinca de meias, o Corinthians neutralizou as investidas e ganhou o meio-campo pela compactação de suas linhas. No quarto e belo gol de Pato, a força do elenco se mostrou determinante para os próximos confrontos. E a novidade de Romarinho articulando e abrindo espaços para as investidas de Paulinho: solução de Tite para deixar o time menos previsível em 2013.

No último jogo, o São Paulo decepcionou com péssimo desempenho e muita lentidão com a bola. Ganso se mostrou mais disposto e ativo do que nos últimos jogos, mas a apatia tricolor foi evidente frente a Penapolense, armada num organizado 4-2-3-1 que marcava em duas linhas com Guaru mais a frente. O 4-2-3-1 de Ney Franco avançou as linhas, ocupou o campo da Penapolense e trocou passes, mas não encontrou infiltração. Jadson e Osvaldo, os melhores do time, tentavam carregar a bola, mas a Penapolense roubava e saia com muita velocidade.

Apesar da pressão tricolor, a Penapolense chegou com mais perigo em pelo menos 4 oportunidades que Ceni salvou. E na jogada individual de Osvaldo, o gol contra que colocou o São Paulo na semifinal premiou a posse de bola, mas os problemas tricolores parecem longe de terminar: muita lentidão e apatia que podem custar caro nos decisivos confrontos das próximas semanas.

Santos e Mogi é o confronto que promete mais gols e belos lances. Mas a tensão e a rivalidade estarão presentes em mais um Majestoso com grandes ingredientes no Morumbi.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s