Observações sobre o grande jogo entre Galo e São Paulo

  • A intensidade voltou: se o Galo tinha perdido a intensidade que lhe fora tão característica no grande primeiro turno do BR-2012, pelo menos no jogo contra o São Paulo ela voltou. Ronaldinho e Bernard, trocando o tempo todo entre esquerda e centro, Tardelli pela direita e na área e Jô como a referência marcavam e jogavam. Com fôlego extra – trabalho do grande Carlinhos e da pré-temporada mais longa que o time paulista, o Galo atacou sem parar no primeiro tempo e recompôs com perfeição no segundo tempo. No primeiro tempo, Bernard engoliu Paulo Miranda, que não tinha a devida proteção de Douglas, e Ronaldinho jogava para a área de lá.

São Paulo Galo 1

  • A direita tricolor é o problema: foi o setor crítico do São Paulo no jogo, o que mostra que Lucas faz muita falta.  Douglas foi nulo no ataque e na defesa na direita e o Galo contra-atacava por lá, com Bernard pra cima de Paulo Miranda e Ronaldinho o tempo todo caindo por lá e cruzando a bola. Só o veterano Lúcio conseguiu parar o endiabrado Bernard. Pelo retrospecto de 2013, a vaga é de Aloísio, que entrou no segundo tempo e fez gol. Cañete pode aparecer, já que Jadson e Douglas não convenceram.

direita sp

  • As diferenças na marcação: Do lado tricolor, a bola não chegou para Luis Fabiano. Muito pelo trabalho de Pierre e Marcos Rocha, marcando individualmente Jadson e Osvaldo, respectivamente. Sem Jadson, organizador do time, o São Paulo se desmontou, já que os volantes não avançam – solução de Ney desde a Sulamericana. Já a defesa em linha do São Paulo foi presa fácil para Jô, na cola do fraco Rodolpho. No primeiro gol, Ronaldinho livre e Jô ganhando dos zagueiros.

marcação

  • Bola aérea e contra-ataque X movimentação: O Galo sofre quanto enfrenta retrancas que ganham bolas pelo alto, pois tem que atacar pelo chão. Contra adversários mais fortes usa da velocidade para chegar na área adversária e da bola aérea de Ronaldinho na esquerda, cruzando para Jô. Contra o Cruzeiro praticamente só jogou assim. Contra o São Paulo não foi diferente: bola no chão e passe foi raro. O contra-ataque do Galo é surpreendente: Bernard é um velocista nato e parte para cima de todos os adversários. Já o São Paulo joga com bola no chão, procurando a profundidade de Osvaldo e o passe de Jadson para Luis Fabiano. Sem Lucas, perdeu velocidade e drible.
  • Sem segundo volante: foi o duelo de dois times que não tem o segundo-volante, aquele que chega. Pierre colou em Jadson e Leandro Donizete cobria a linha de passe de algum lateral. Denílson e Wellington se revezaram no cerco a Ronaldinho. Para ambos os times, a chegada de um volante pode ser fundamental. O Galo só conseguia a transição com a bola esticada para Bernard ou Jô. O São Paulo era lento e Luis Fabiano passou a buscar o jogo e inverter com Jadson, principalmente nos 30 minutos iniciais do segundo tempo. Foi assim que saiu o gol tricolor: passe de Fabiano para Aloísio.
  • O 4-2-4-0 do Galo na marcação: o trabalho físico e o comprometimento na marcação do Galo foram tão fortes que por vários momentos do segundo tempo Jô saia da cola de Rodolpho para colar em Wellington, enquanto Ronaldinho pegava Douglas, Luan ficava com Cortez e Bernard alternava com Jô entre Wellington e Denílson, formando um 4-2-4-0 com os zagueiros do São Paulo totalmente livres. Desse jeito, com a saída de bola bloqueada, o São Paulo tinha dificuldades e só passou a chegar na área quando Ney liberou Cortez para cima de Luan.

Até agora, foi o melhor jogo no Brasil em 2013 e a promessa de grande futebol na Libertadores. O Galo precisa manter o fôlego – literalmente – e achar soluções contra as possíveis retrancas latinas. O São Paulo precisa resolver o problema crônico da direita e melhorar a defesa – talvez designando a Lúcio o papel de zagueiro-marcador e abandonar a linha.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s